1

1

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

20 de Novembro - Dia Nacional da Consciência Negra

  
Monumento a Zumbi dos Palmares em Salvador, Bahia*


O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na região Nordeste do Brasil. Zumbi foi morto em 1695, na referida data, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho. Maiores informações podem ser consultadas no texto História do Quilombo de Palmares.

A data de sua morte, descoberta por historiadores no início da década de 1970, motivou membros do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial, em um congresso realizado em 1978, no contexto da Ditadura Militar Brasileira, a elegerem a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos que seus descendentes reivindicam.

Com a redemocratização do Brasil e a promulgação da Constituição de 1988, vários segmentos da sociedade, inclusive os movimentos sociais, como o Movimento Negro, obtiveram maior espaço no âmbito das discussões e decisões políticas. A lei de preconceito de raça ou cor (nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989) e leis como a de cotas raciais, no âmbito da educação superior, e, especificamente na área da educação básica, a lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que instituiu a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-brasileira, são exemplos de legislações que preveem certa reparação aos danos sofridos pela população negra na história do Brasil.

A figura de Zumbi dos Palmares é especialmente reivindicada pelo movimento negro como símbolo de todas essas conquistas, tanto que a lei que instituiu o dia da Consciência Negra foi também fruto dessa reivindicação. O nome de Zumbi, inclusive, é sugerido nas Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana como personalidade a ser abordada nas aulas de ensino básico como exemplo da luta dos negros no Brasil. Essa sugestão orienta-se por uma das determinações da lei Nº 10.639, que diz no Art. 26-A, parágrafo 1º: “O conteúdo programático a que se refere o caput deste artigo incluirá o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil.”

A despeito da comemoração do Dia da Consciência Negra ser no dia da morte de Zumbi e do que essa figura histórica representa enquanto símbolo para movimentos sociais, como o Movimento Negro, há muita polêmica no âmbito acadêmico em torno da imagem de Zumbi e da própria história do Quilombo dos Palmares. As primeiras obras que abordaram esse acontecimento histórico, como as de Edison Carneiro (O Quilombo dos Palmares, Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 3a ed., 1966), de Eduardo Fonseca Jr. (Zumbi dos Palmares, A História do Brasil que não foi Contada. Rio de Janeiro: Soc. Yorubana Teológica de Cultura Afro-Brasileira, 1988) e de Décio Freitas (Palmares, a guerra dos escravos. Porto Alegre: Movimento, 1973), abriram caminho para a compreensão da história da fundação, apogeu e queda do Quilombo dos Palmares, mas, em certa medida, deram espaço para o uso político da figura de Zumbi, o que, segundo outros historiadores que revisaram esse acontecimento, pode ter sido prejudicial para a veracidade dos fatos.
Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Um dos principais historiadores que estudam e revisam a história do Quilombo dos Palmares atualmente é Flávio dos Santos Gomes, cuja principal obra é De olho em Zumbi dos Palmares: História, símbolos e memória social (São Paulo: Claro Enigma, 2011). Flávio Gomes procurou, nessa obra, realizar não apenas uma revisão dos fatos a partir do contato direto com as fontes do século XVI e XVII, mas também analisar o uso político da imagem de Zumbi. Segundo esse autor, o tio de Zumbi, Ganga Zumba, que chefiou o quilombo e, inclusive, firmou tratados de paz com as autoridades locais, acabou tendo sua imagem diminuída e pouco conhecida em razão da escolha ideológica de Zumbi como símbolo de luta dos negros.

Além dessa polêmica, há também o problema referente à própria estrutura e proposta de resistência dos quilombos no período colonial. Historiadores como José Murilo de Carvalho acentuam que grandes quilombos, como o de Palmares, não tinham o objetivo estrito de apartar-se completamente da sociedade escravocrata, tendo o próprio Quilombo dos Palmares participado do tráfico e do uso de escravos. Diz ele, na obra Cidadania no Brasil: “Os quilombos que sobreviviam mais tempo acabavam mantendo relações com a sociedade que os cercava, e esta sociedade era escravista. No próprio quilombo dos Palmares havia escravos”. (CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. O longo Caminho. 3ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. p. 48).

As polêmicas partem de indagações como: “Se Zumbi, que foi líder do Quilombo de Palmares, possuía escravos negros, a noção de luta por liberdade nesse contexto era bem específica e não pode colocá-lo como símbolo de resistência contra a escravidão”. A própria história da África e do tráfico negreiro transatlântico revela que grande parte dos escravos que a coroa portuguesa trazia para o Brasil Colônia era comprada dos próprios reinos africanos que capturavam membros de reinos ou tribos rivais e vendiam-nos aos europeus. Essa prática também ressoou, como atestam alguns historiadores, em dada medida, nos quilombos brasileiros.

Nesse sentido, a complexidade dos fatos históricos nem sempre pode adequar-se a anseios políticos. Os estudos históricos precisam dar conta dessa complexidade e fornecer elementos para compreender o passado e sua relação com o presente. Entretanto, esse processo precisa ser cuidadoso. O uso de datas comemorativas como marcos de memória suscita esse tipo de polêmica, que deve ser pensada e discutida criteriosamente, sem prejuízo nem das reivindicações sociais e, tampouco, da veracidade dos fatos.

* Créditos da imagem: Commons

Por Me. Cláudio Fernandes


Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FERNANDES, Cláudio. "20 de Novembro - Dia Nacional da Consciência Negra"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-da-consciencia-negra.htm>. Acesso em 15 de novembro de 2018.

20 de novembro — Dia da Consciência Negra...



Escultura de Zumbi dos Palmares feita por Mestre Saul.*


Em 20 de novembro comemora-se no Brasil o Dia da Consciência Negra. Mas você sabe o motivo de escolha dessa data?

Foi nesse dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi dos Palmares. Este foi a liderança mais conhecida do chamado Quilombo dos Palmares, que se localizava na Serra da Barriga, atual estado de Alagoas. A fama e o símbolo de resistência e força contra a escravidão mostrado pelos palmarinos fizeram com que a data da morte de Zumbi fosse escolhida pelo movimento negro brasileiro para representar o Dia da Consciência Negra. A data foi estabelecida pela Lei 12.519/2011.

Outro motivo para a escolha dessa data foi o fato de que no Brasil o fim da escravidão é comemorado em 13 de maio. Nesse dia, no ano de 1888, a princesa Isabel assinou a Lei Áurea que abolia a escravidão no Brasil. Porém, comemorar o fim da escravidão em uma data em que uma pessoa branca e pertencente à família real portuguesa, a principal responsável pela escravidão no Brasil, assinou uma lei pondo fim ao cativeiro faz parecer que a abolição foi feita pelos próprios escravistas. Faz com que a abolição fosse apresentada como um favor dos brancos aos negros.

A escolha do dia 20 de novembro serviu, dessa forma, para manter viva a lembrança de que o fim da escravidão foi conseguido pelos próprios escravos, que em nenhum momento durante o período colonial e imperial deixaram de lutar contra a escravidão.

Os quilombos não deixaram de existir quando Palmares foi destruído sob o comando do bandeirante paulista Domingos Jorge Velho. Vários outros quilombos foram formados nos duzentos anos após o fim de Palmares.

Mesmo nos anos finais da escravidão a ocorrência de fugas em massa de escravos das fazendas, a ocupação de terras e a realização de rebeliões foram muito importantes para que a Lei Áurea fosse assinada.

O fim da abolição não representou também o fim dos problemas sociais para os escravos libertados. O racismo e a resistência à inclusão dos negros na sociedade brasileira após a abolição foram também um motivo para se escolher o 20 de novembro como data para se lembrar dessa situação.

A resistência dos afrodescendentes não se fez apenas no confronto direto contra os senhores e forças militares, ela também ocorreu no aspecto religioso e cultural, como no candomblé, na capoeira e na música. Relembrar essas características culturais é uma forma de mostrar a importância dos africanos escravizados e de seus descendentes na formação social do Brasil.

São esses alguns dos objetivos da comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra em 20 de novembro.

* Crédito da Imagem: http://agenciabrasil.ebc.com.br/.


Por Tales Pinto
Mestre em História

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra
Estátua em homenagem à Zumbi dos Palmares localizada no Pelourinho na cidade de Salvador
O dia 20 de novembro faz menção à consciência negra, a fim de ressaltar as dificuldades que os negros passam há séculos.
A escolha da data foi em homenagem a Zumbi, o último líder do Quilombo dos Palmares, em consequência de sua morte. Zumbi foi morto por ser traído por Antônio Soares, um de seus capitães.
A localização do quilombo ficava onde é hoje o estado de Alagoas, na Serra da Barriga.
O Quilombo dos Palmares foi levantado para abrigar escravos fugitivos, pois muitos não suportavam viver tendo que aguentar maus tratos e castigos de seus feitores, como permanecerem amarrados aos troncos, sob sol ou chuva, sem água e sofrendo com açoites e chicotadas. O local abrigou uma população de mais de vinte mil habitantes.
Ao longo da história, os negros não foram tratados com respeito, passando por grandes sofrimentos. Pelo contrário, foram escravizados para prestar serviços pesados aos homens brancos, tendo que viver em condições desumanas, amontoados dentro de senzalas.
Muitas vezes suas mulheres e filhas serviam de escravas sexuais para os patrões e seus filhos, feitores e capitães do mato, que depois as abandonavam.
As casas dos escravos eram de chão batido, não tinham móveis nem utensílios para cozinhar. As esposas dos barões é quem lhes concedia alguns objetos, para diminuir as dificuldades de suas vidas. Nem mesmo estando doentes eram tratados de forma diferente, com respeito e dignidade. Ficavam sem remédios e sem atendimento médico, motivo pelo qual inventaram medicamentos com ervas naturais, ações aprendidas com os índios durante o período de colonização.
Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Algumas leis foram criadas para defender os direitos dos negros, pois muitas pessoas não concordavam com a escravização. A Lei do Ventre Livre foi a primeira delas, criada em 1871, concedendo liberdade aos filhos dos escravos nascidos após a lei. No ano de 1885, criaram a Lei dos Sexagenários, dando liberdade aos escravos com mais de sessenta anos de idade.
Porém, com a Lei Áurea, assinada pela Princesa Isabel em 13 de maio de 1888, foi que os escravos conquistaram definitivamente sua liberdade.
O grande problema dessa libertação foi que os escravos não sabiam realizar outro tipo de trabalho, continuando nas casas de seus patrões, mesmo estando libertos. Com isso, a tão esperada liberdade não chegou por completo.
As oportunidades de vida que tiveram eram limitadas apenas aos trabalhos pesados, como não haviam estudado e não aprenderam outros ofícios além dos braçais, porém, alguns conseguiram emprego no comércio.
O dia da consciência negra surgiu para lembrar o quanto os negros sofreram, desde a colonização do Brasil, suas lutas, suas conquistas. Mas também serve para homenagear àqueles que lutaram pelos direitos da raça e seus principais feitos.
Na data são realizados congressos e reuniões discutindo-se a história de preconceito racial que sofreram, a inferioridade da classe no meio social, as dificuldades encontradas no mercado de trabalho, a marginalização e discriminação, tratando-se também de temas como beleza negra, moda, conquistas, etc.

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-consciencia-negra.htm

Significado de Direito

O que é Direito:

Direito pode se referir à ciência do direito ou ao conjunto de normas jurídicas vigentes em um país (direito objetivo). Também pode ter o sentido de íntegro, honrado. É aquilo que é justo, reto e conforme a lei. É ainda uma regalia, um privilégio, uma prerrogativa.
A ciência do direito é um ramo das ciências sociais que estuda as normas obrigatórias que controlam as relações dos indivíduos em uma sociedade. É uma disciplina que transmite aos estudantes de direito um conjunto de conhecimentos relacionados com as normas jurídicas determinadas por cada país. Para alguns autores, é um sinal de organização de uma determinada sociedade, porque indica a recepção de valores e aponta para a dignidade do ser humano.
A faculdade legal de praticar ou não um determinado ato é designada por (direito subjetivo). Neste caso, o direito se refere ao poder que pertence a um sujeito ou grupo. Por exemplo, o direito de receber aquilo pelo qual se pagou.
O direito como conjunto de normas também se divide em positivo ou natural. O direito positivo são as normas criadas e postas em vigor pelo Estado; o direito natural são as normas derivadas da natureza, ou seja, são as leis naturais que orientam o comportamento humano, os direitos fundamentais.

Direito civil

Direito civil é o conjunto de normas reguladoras dos direitos e obrigações de ordem privada concernentes às pessoas, aos bens e às suas relações.

Direito penal

Direito penal é o complexo de preceitos legais que definem os crimes, determinam as penas e as medidas de segurança aplicáveis aos infratores.

Direito do trabalho

Direito de trabalho é o conunto de normas que regem as relações de trabalho entre empregados e empregadores, bem como dos direitos resultantes das condições jurídicas dos trabalhadores.

Direito administrativo

Direito administrativo é o conjunto de normas e princípios que presidem à organização e funcionamento dos serviços públicos.

Direito constitucional

Direito constitucional é o conjunto de normas e princípios fundamentais que regulam a organização política do Estado, forma de governo, atribuições e funcionamento dos poderes políticos, seus limites e relações, os direitos individuais e a intervenção estatal na esfera social, econômica, ética e intelectual.

Direito processual

Direito processual é o conjunto de leis que estabelecem a forma pela qual se devem fazer valer os direitos; conjunto de leis reguladoras dos atos judiciários.

https://www.significados.com.br/direito/

O que é Democracia:

O que é Democracia:

Democracia é o regime político em que a soberania é exercida pelo povo.
A palavra democracia tem origem no grego demokratía que é composta por demos (que significa povo) e kratos (que significa poder). Neste sistema político, o poder é exercido pelo povo através do sufrágio universal.
É um regime de governo em que todas as importantes decisões políticas estão com o povo, que elegem seus representantes por meio do voto. É um regime de governo que pode existir no sistema presidencialista, onde o presidente é o maior representante do povo, ou no sistema parlamentarista, onde existe o presidente eleito pelo povo e o primeiro ministro que toma as principais decisões políticas.
Democracia é um regime de governo que pode existir também, no sistema republicano, ou no sistema monárquico, onde há a indicação do primeiro ministro que realmente governa. A democracia tem princípios que protegem a liberdade humana e baseia-se no governo da maioria, associado aos direitos individuais e das minorias.
Uma das principais funções da democracia é a proteção dos direitos humanos fundamentais, como as liberdades de expressão, de religião, a proteção legal, e as oportunidades de participação na vida política, econômica, e cultural da sociedade. Os cidadãos tem os direitos expressos, e os deveres de participar no sistema político que vai proteger seus direitos e sua liberdade.
O conceito de democracia foi evoluindo com o passar do tempo, e a partir de 1688, em Inglaterra, a democracia era baseada na liberdade de discussão dentro do parlamento. De acordo com alguns filósofos e pensadores do século XVIII, a democracia era o direito do povo de escolher e controlar o governo de uma nação.
Em alguns países, a evolução da democracia ocorreu de forma muito rápida, como no caso de Portugal e Espanha. Apesar disso, essa rápida evolução criou uma insegurança política. Em países como Inglaterra e França, uma evolução lenta da democracia teve como consequência o desenvolvimento de estruturas políticas estáveis.

Democracia no Brasil

A democracia no Brasil sofreu ao longo dos tempos vários ataques e foi instituída ou fortalecida em diversas ocasiões. Existiram duas forças de democratização, uma em 45 e outra em 85.
A ditadura militar foi uma das maiores afrontas à democracia, e a consciência democrática foi um forte elemento de oposição à ditadura.

Social democracia

Social democracia é a designação de partidos e correntes políticas com tendências marxistas e que surgiram antes da I Guerra Mundial. Este tipo de ideologia política tem como fundamento o marxismo e princípios como igualdade e justiça social, solidariedade e liberdade.
A social democracia propunha uma mudança da sociedade capitalista, através de métodos graduais e nunca revolucionários, de acordo com normas do sistema parlamentar e democrático.

Democracia Ateniense

A Grécia Antiga foi o berço da democracia, onde principalmente em Atenas o governo era exercido por todos os homens livres. Naquela época, os indivíduos eram eleitos ou eram feitos sorteios para os diferentes cargos. Na democracia ateniense, existiam assembleias populares, onde eram apresentadas propostas, sendo que os cidadãos livres podiam votar.
Veja também o significado da Democracia direta.

Democracia racial

A democracia racial está diretamente relacionada com a problemática do racismo e discriminação, e sugere que o Brasil conseguiu lidar e resolver esses problemas de uma forma que outros países (como os Estados Unidos) não conseguiram. A democracia racial aborda as relações entre diferentes raças e etnias no Brasil.

Democracia direta e representativa

A democracia pode ser direta ou democracia pura, quando o povo expressa sua vontade por meio do voto direto. Democracia Representativa ou indireta o povo exprime sua vontade elegendo representantes que tomam as decisões em nome deles.

Ser saudável: 25 maneiras fáceis e rápidas de adotar um novo estilo de vida

Ser saudável: 25 maneiras fáceis e rápidas de adotar um novo estilo de vida


Os comportamentos perigosos à saúde parecem ter aumentado nas últimas décadas, ainda mais com a oferta de alimentos gordurosos e a falta de exercícios. Se quiser melhorar seu bem-estar físico e mental de forma rápida e simples, confira as dicas abaixo:
Para ser saudável, comece segurando e puxando seus dedos dos pés
“Isso aumenta a circulação depois que seus pés ficaram apertados em sapatos o dia todo”, explica Michele Summers Colon, podóloga em El Monte, Califórnia (EUA). “Sem uma boa circulação, os músculos e os nervos em nossos pés não funcionam corretamente, e podem causar dor nos joelhos, quadris e costas”.
Lave a roupa de cama com frequência
Os ácaros da poeira, um gatilho para alergias graves, gostam de morar em sua cama. Expulse-os lavando seus lençóis e fronhas toda semana em água quente. Também pode ser uma boa ideia usar colchões e capas projetados para manter os ácaros longe.
Ligue a saída de ar acima do seu assento quando estiver em um avião
“Eu voo duas vezes por semana”, conta o Dr. Travis Stork, médico de emergência. “Parte da razão para eu continuar saudável é por ser consciente de todos os germes que ficam em aviões. Eu ligo a ventilação de ar e a angulo de forma que sopre para baixo na frente do meu rosto. Esse ar filtrado cria uma barreira para evitar que germes ao redor da cabine entrem em meu nariz ou boca”.
Vacine-se
Além da vacina contra a gripe anual, adultos deveriam vacinar-se contra tétano, difteria e coqueluche – essa última, também chamada de tosse convulsa, é uma doença respiratória particularmente perigosa. Nos EUA, os casos de coqueluche subiram cerca de 137% desde 2000. “Para a maioria dos adultos, significa uma tosse horrível, mas em crianças, pode ser pior”, fala a Dra. Ana Pantoja, médica da Califórnia (EUA). “Então, se você tem filhos ou convive com crianças, é essencial se vacinar”. Mesmo que você tenha tomado essa vacina quando criança, sua eficácia pode se desgastar. Tétano também exige um reforço a cada 10 anos.
Sem calcinha/cueca
Ficar sem calcinha ou cueca de vez em quando (por exemplo, na hora de dormir) não faz mal; pelo contrário, especialmente se você é propenso a infecções do trato urinário. “Não vestir roupas – ou apenas as de algodão – permite que órgãos genitais externos sequem e reduz o crescimento de bactérias que poderiam entrar pela uretra e causar uma infecção da bexiga”, explica Sherry Thomas, ginecologista.
Mantenha informação útil sobre sua saúde com você
Coloque um cartão em sua carteira ou bolsa que liste todas as alergias que você tem e os medicamentos que você está tomando, para o caso de você acabar em uma sala de emergência por conta de algum incidente, incapaz de falar por si mesmo. “Poderia salvar sua vida”, afirma o Dr. John M. Kennedy.
Abaixe o volume
MP3 players podem criar um som de até 120 decibéis – volume suficiente para causar perda de audição ao longo do tempo. “Siga a regra dos 60/60: mantenha o volume vindo através de seus fones de ouvido para não mais do que 60% do máximo, por não mais do que 60 minutos por dia”, diz James Foy, médico osteopata.
As 5 próximas dicas nutricionais são de alimentos para começar bem seu dia, com uma café da manhã saudável:
Linhaça
Adicione uma colher de sopa de semente de linhaça moída em uma tigela com farinha de aveia: isso vai aumentar suas gorduras ômega-3, que protegem e impulsionam o cérebro.
Pistache
Adicione pistache picado em sua torrada para ganhar fitoesteróis, que baixam o colesterol.
Bagas
Coloque uma cobertura de meia xícara de geleia de bagas (como framboesa e mirtilo) em suas torradas, panquecas e waffles para obter mais de 20% das suas necessidades diárias de vitamina C.
Açafrão
Coloque uma pitada de açafrão moído em ovos mexidos para obter antioxidantes que combatem o câncer.
Homus
Coma um pão de grãos integrais com 2 colheres de sopa de homus, alimento embalado com fibras e proteínas.
Limpe e troque sua esponja de lavar louça
“Este é o objeto mais cheio de germes em sua casa”, afirma o Charles Gerba, microbiologista da Universidade do Arizona em Tucson (EUA). “Cerca de 15% das esponjas contêm bactérias que podem fazer-lhe mal”. Então, as atire na máquina de lavar uma vez por semana, ou as coloque úmidas em um micro-ondas por 30 segundos.
Verifique sua pele mensalmente
“Faça uma verificação da pele do seu corpo inteiro uma vez por mês em uma sala bem iluminada”, aconselha o Dr. Joshua Zeichner, diretor de pesquisa estética e clínica no Mount Sinai Medical Center, em Nova York (EUA). “Pegue um espelho de mão, se você tiver um. Peça a um membro da família para verificar suas costas se você não consegue. Procure por manchas ou verrugas novas, ou por antigas que mudaram ou aumentaram”. Se encontrar algo, vá a um dermatologista. “Eu também recomendo uma visita ao médico anual – duas vezes por ano, se você tem histórico pessoal ou familiar de verrugas e manchas. Detecção precoce é fundamental no tratamento de câncer de pele”, explica. Esse é o câncer mais comum em mulheres.
Coma cenouras
A cenoura atualmente é o alimento favorito dos nutricionistas, graças ao seu alto teor de vitamina A – apenas meia xícara tem quase o dobro da quantidade que você precisa para ter olhos saudáveis.
Use um rastreador de passos ou aplicativo de exercícios físicos
Estudos mostram que as pessoas que usam um dispositivo que controla o número de passos que dão a cada dia se exercitam mais do que aquelas que não usam.
Teste seu colesterol
Muitos não sabem que têm colesterol alto, mas deveriam: esse é um fator de risco para doenças cardíacas. Mesmo pessoas magras podem ter colesterol elevado.
Adapte-se ao horário de verão
Quando chega o horário de verão, a hora perdida pode ter um efeito maior em nossos corpos do que poderíamos pensar. Podemos nos sentir cansados, e pode levar de dois a cinco dias para nos adaptarmos. “Obtenha mais luz solar o mais rápido possível, abrindo cortinas da janela, e tome café para ajudar a ressincronizar o relógio do corpo”, diz o Dr. Meir Kryger, professor de medicina na Universidade de Yale (EUA).
Fique confortável
Dormir bem é essencial. Se estiver em hotéis, mantenha uma iluminação suave e leve pijamas confortáveis. Em aviões, feche as janelas e vista uma máscara de olhos e fones de ouvido ou tampões.
Acalme-se
Se sua mente fica agitada antes de dormir, respire longa e profundamente. É preciso de prática, mas se você fizer isso regularmente, seu corpo aprenderá a relaxar.
Desligue o telefone
Se você não anda dormindo bem, programa-se e desligue seu telefone. Caso precise dormir em um horário não convencional, alerte amigos e familiares para evitar chamadas e mensagens de textos desnecessários.
Pule 25 vezes
Está estressado? Mova seu corpo, não importa o quão brevemente, para parar a resposta ao estresse em seu início e “mudar o canal” do seu humor.
Brinque com seu cachorro
Animais de estimação são uma ferramenta comprovada que afasta o estresse.
Faça um chocolate quente
Pesquisas, incluindo um estudo publicado no jornal Appetite, mostram que até mesmo um pouco de chocolate pode impulsionar o seu humor quase imediatamente.
Vá para fora
“O ar fresco é cheio de íons negativos [que, apesar do nome, nos fazem sentir bem], o que pode aumentar o fluxo de oxigênio para o cérebro”, diz Kathleen Hall, fundadora do Instituto Estresse em Atlanta (EUA). “Se puder, combine-o com o exercício, como uma caminhada rápida, pois atividade estimula endorfinas e dá energia”, conclui.[CNN]
Fonte: https://hypescience.com/25-dicas-ser-saudavel/ - Por Natasha Romanzoti

Significado de Direitos Humanos...

O que são Direitos Humanos:

Direitos humanos são os todos os direitos relacionados à garantia de uma vida digna a todas as pessoas. Os direitos humanos são direitos que são garantidos à pessoa pelo simples fato de ser humana.
Assim, os direitos humanos são todos direitos e liberdades básicas, considerados fundamentais para dignidade. Eles devem ser garantidos a todos os cidadãos, de qualquer parte do mundo e sem qualquer tipo de discriminação, como cor, religião, nacionalidade, gênero, orientação sexual e política. 
Direitos humanos é o conjunto de garantias e valores universais que tem como objetivo garantir a dignidade, que pode ser definida com um conjunto mínimo de condições de uma vida digna. 
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) os direitos humanos são garantias de proteção das pessoas contra ações ou falta de ações dos governos que possam colocar em risco a dignidade humana.
São direitos humanos básicos: direito à vida, à liberdade de expressão de opinião e de religião, direito à saúde, à educação e ao trabalho.

Origem dos direitos humanos

O conceito de direitos humanos mudou ao longo da história, mas há alguns acontecimentos que foram muito importantes na evolução desses direitos.
O primeiro registro histórico de direitos humanos é de aproximadamente 500 anos antes de Cristo, quando Ciro, rei da Pérsia, declarou a liberdade de escravos e alguns outros direitos de igualdade humana. Esses direitos foram gravados em uma peça chamada Cilindro de Ciro.
Também são acontecimentos importantes na proteção dos direitos humanos a criação da Declaração de Direitos de Virgínia, nos Estados Unidos (1776) e a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789) na França.
A criação da Organização das Nações Unidas em 1945 também faz parte da história da evolução dos direitos humanos. É importante porque um dos objetivos da ONU é trabalhar para garantir a dignidade de todos povos e para diminuir as desigualdades mundiais.
Logo em seguida, no ano de 1948 a ONU aprovou a criação da Declaração Universal dos Direitos Humanos. E em 1966 foram criados mais dois documentos: o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos e o Pacto Internacional sobre os Direitos Econômicos, Sociais e Culturais.
Hoje existem várias organizações e movimentos que têm como objetivo defender os direitos humanos, como por exemplo:
  • Anistia Internacional,
  • Serviço Paz e Justiça na América Latina,
  • Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos,
  • Human Rights Watch,
  • Gabinete de Instituições Democráticas e Direitos Humanos da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Em 1948 a Organização das Nações Unidas (ONU) criou a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH). Esse documento é um dos mais importantes na base dos direitos humanos e contém os princípios básicos relacionados à garantia desses direitos.
A DUDH é importante no mundo todo porque é considerada o documento que marca o início da conscientização e preocupação mundial com a proteção dos direitos humanos. A Assembleia Geral da ONU considera a Declaração como um modelo ideal para todos os povos para atingir o respeito a esses direitos e liberdades humanas.
A DUDH afirma que todos os seres humanos nascem livres e que são iguais em dignidade e em direitos. Além disso, a adoção da Declaração pela ONU também tem o objetivo de evitar guerras entre países, promover a paz mundial e de fortalecer a proteção aos direitos humanitários.

Características dos direitos humanos

Conheça as principais características dos direitos humanos:
  • a sua principal função É garantir a dignidade de todas as pessoas,
  • são universais: são válidos para todas as pessoas, sem qualquer tipo de discriminação ou diferenciação,
  • são relacionados entre si: todos os direitos humanos devem ser aplicados igualmente, a falta de um direito pode afetar os outros,
  • são indisponíveis: significa que uma pessoa não pode abrir mão dos seus direitos, 
  • são imprescritíveis: significa que os direitos humanos não têm prazo e não perdem a validade.

Leis sobre os direitos humanos

Os direitos humanos são tratados em várias leis, convenções, acordos e tratados internacionais. Além da existência de leis sobre o assunto, é dever de cada Estado ter as suas próprias leis que garantam que os direitos humanos serão respeitados e colocados em prática.
Conheça algumas leis que tratam dos direitos humanos:
  • Declaração Universal dos Direitos do Homem (1948)
  • Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos (1966)
  • Pacto Internacional sobre os Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (1966).
A Constituição Federal de 1988, no artigo 5º, define quais são os direitos e garantias fundamentais dos cidadãos. Veja alguns:
  • igualdade de direitos e deveres entre mulheres e homens,
  • proibição de tortura e tratamento desumano,
  • liberdade de pensamento, de crença e de religião,
  • proibição de censura,
  • proteção da intimidade, vida privada, honra e imagem,
  • sigilo telefônico e de correspondências,
  • liberdade de escolha de profissão,
  • liberdade de locomoção dentro do país,
  • direito de propriedade e de herança,
  • acesso garantido à justiça,
  • racismo, tortura e tráfico de drogas são crimes inafiançáveis,
  • proibição de pena de morte,
  • nenhum brasileiro pode ser extraditado.
Ainda que existam várias leis que tratem dos direitos humanos, é importante saber que eles não são limitados ao que é previsto na lei. Outros direitos podem ser incluídos como direitos humanos com o passar do tempo e de acordo com as necessidades, com as transformações sociais e com o modo de vida da sociedade.

Direitos humanos, cidadania e democracia

Cidadania é o exercício dos direitos e deveres civis, políticos e sociais que estão previstos na Constituição. Exercer a cidadania é ter consciência de seus direitos e de suas obrigações para poder lutar e cobrar para que eles sejam colocados em prática e garantidos pelo Estado.
Para exercer a cidadania plenamente os membros de uma sociedade devem usufruir dos direitos humanos e dos direitos fundamentais, tanto no âmbito individual quanto no coletivo.
Ter plena cidadania e igualdade entre os cidadãos faz parte do conceito de democracia, que prevê a participação de todos na sociedade em condições de igualdade.
Assim, a igualdade, a preservação dos direitos humanos, a dignidade e a cidadania são fundamentais para garantir a democracia em qualquer nação.

Ser saudável: 25 maneiras fáceis e rápidas de adotar um novo estilo de vida ...

Ser saudável: 25 maneiras fáceis e rápidas de adotar um novo estilo de vida


Os comportamentos perigosos à saúde parecem ter aumentado nas últimas décadas, ainda mais com a oferta de alimentos gordurosos e a falta de exercícios. Se quiser melhorar seu bem-estar físico e mental de forma rápida e simples, confira as dicas abaixo:
Para ser saudável, comece segurando e puxando seus dedos dos pés
“Isso aumenta a circulação depois que seus pés ficaram apertados em sapatos o dia todo”, explica Michele Summers Colon, podóloga em El Monte, Califórnia (EUA). “Sem uma boa circulação, os músculos e os nervos em nossos pés não funcionam corretamente, e podem causar dor nos joelhos, quadris e costas”.
Lave a roupa de cama com frequência
Os ácaros da poeira, um gatilho para alergias graves, gostam de morar em sua cama. Expulse-os lavando seus lençóis e fronhas toda semana em água quente. Também pode ser uma boa ideia usar colchões e capas projetados para manter os ácaros longe.
Ligue a saída de ar acima do seu assento quando estiver em um avião
“Eu voo duas vezes por semana”, conta o Dr. Travis Stork, médico de emergência. “Parte da razão para eu continuar saudável é por ser consciente de todos os germes que ficam em aviões. Eu ligo a ventilação de ar e a angulo de forma que sopre para baixo na frente do meu rosto. Esse ar filtrado cria uma barreira para evitar que germes ao redor da cabine entrem em meu nariz ou boca”.
Vacine-se
Além da vacina contra a gripe anual, adultos deveriam vacinar-se contra tétano, difteria e coqueluche – essa última, também chamada de tosse convulsa, é uma doença respiratória particularmente perigosa. Nos EUA, os casos de coqueluche subiram cerca de 137% desde 2000. “Para a maioria dos adultos, significa uma tosse horrível, mas em crianças, pode ser pior”, fala a Dra. Ana Pantoja, médica da Califórnia (EUA). “Então, se você tem filhos ou convive com crianças, é essencial se vacinar”. Mesmo que você tenha tomado essa vacina quando criança, sua eficácia pode se desgastar. Tétano também exige um reforço a cada 10 anos.
Sem calcinha/cueca
Ficar sem calcinha ou cueca de vez em quando (por exemplo, na hora de dormir) não faz mal; pelo contrário, especialmente se você é propenso a infecções do trato urinário. “Não vestir roupas – ou apenas as de algodão – permite que órgãos genitais externos sequem e reduz o crescimento de bactérias que poderiam entrar pela uretra e causar uma infecção da bexiga”, explica Sherry Thomas, ginecologista.
Mantenha informação útil sobre sua saúde com você
Coloque um cartão em sua carteira ou bolsa que liste todas as alergias que você tem e os medicamentos que você está tomando, para o caso de você acabar em uma sala de emergência por conta de algum incidente, incapaz de falar por si mesmo. “Poderia salvar sua vida”, afirma o Dr. John M. Kennedy.
Abaixe o volume
MP3 players podem criar um som de até 120 decibéis – volume suficiente para causar perda de audição ao longo do tempo. “Siga a regra dos 60/60: mantenha o volume vindo através de seus fones de ouvido para não mais do que 60% do máximo, por não mais do que 60 minutos por dia”, diz James Foy, médico osteopata.
As 5 próximas dicas nutricionais são de alimentos para começar bem seu dia, com uma café da manhã saudável:
Linhaça
Adicione uma colher de sopa de semente de linhaça moída em uma tigela com farinha de aveia: isso vai aumentar suas gorduras ômega-3, que protegem e impulsionam o cérebro.
Pistache
Adicione pistache picado em sua torrada para ganhar fitoesteróis, que baixam o colesterol.
Bagas
Coloque uma cobertura de meia xícara de geleia de bagas (como framboesa e mirtilo) em suas torradas, panquecas e waffles para obter mais de 20% das suas necessidades diárias de vitamina C.
Açafrão
Coloque uma pitada de açafrão moído em ovos mexidos para obter antioxidantes que combatem o câncer.
Homus
Coma um pão de grãos integrais com 2 colheres de sopa de homus, alimento embalado com fibras e proteínas.
Limpe e troque sua esponja de lavar louça
“Este é o objeto mais cheio de germes em sua casa”, afirma o Charles Gerba, microbiologista da Universidade do Arizona em Tucson (EUA). “Cerca de 15% das esponjas contêm bactérias que podem fazer-lhe mal”. Então, as atire na máquina de lavar uma vez por semana, ou as coloque úmidas em um micro-ondas por 30 segundos.
Verifique sua pele mensalmente
“Faça uma verificação da pele do seu corpo inteiro uma vez por mês em uma sala bem iluminada”, aconselha o Dr. Joshua Zeichner, diretor de pesquisa estética e clínica no Mount Sinai Medical Center, em Nova York (EUA). “Pegue um espelho de mão, se você tiver um. Peça a um membro da família para verificar suas costas se você não consegue. Procure por manchas ou verrugas novas, ou por antigas que mudaram ou aumentaram”. Se encontrar algo, vá a um dermatologista. “Eu também recomendo uma visita ao médico anual – duas vezes por ano, se você tem histórico pessoal ou familiar de verrugas e manchas. Detecção precoce é fundamental no tratamento de câncer de pele”, explica. Esse é o câncer mais comum em mulheres.
Coma cenouras
A cenoura atualmente é o alimento favorito dos nutricionistas, graças ao seu alto teor de vitamina A – apenas meia xícara tem quase o dobro da quantidade que você precisa para ter olhos saudáveis.
Use um rastreador de passos ou aplicativo de exercícios físicos
Estudos mostram que as pessoas que usam um dispositivo que controla o número de passos que dão a cada dia se exercitam mais do que aquelas que não usam.
Teste seu colesterol
Muitos não sabem que têm colesterol alto, mas deveriam: esse é um fator de risco para doenças cardíacas. Mesmo pessoas magras podem ter colesterol elevado.
Adapte-se ao horário de verão
Quando chega o horário de verão, a hora perdida pode ter um efeito maior em nossos corpos do que poderíamos pensar. Podemos nos sentir cansados, e pode levar de dois a cinco dias para nos adaptarmos. “Obtenha mais luz solar o mais rápido possível, abrindo cortinas da janela, e tome café para ajudar a ressincronizar o relógio do corpo”, diz o Dr. Meir Kryger, professor de medicina na Universidade de Yale (EUA).
Fique confortável
Dormir bem é essencial. Se estiver em hotéis, mantenha uma iluminação suave e leve pijamas confortáveis. Em aviões, feche as janelas e vista uma máscara de olhos e fones de ouvido ou tampões.
Acalme-se
Se sua mente fica agitada antes de dormir, respire longa e profundamente. É preciso de prática, mas se você fizer isso regularmente, seu corpo aprenderá a relaxar.
Desligue o telefone
Se você não anda dormindo bem, programa-se e desligue seu telefone. Caso precise dormir em um horário não convencional, alerte amigos e familiares para evitar chamadas e mensagens de textos desnecessários.
Pule 25 vezes
Está estressado? Mova seu corpo, não importa o quão brevemente, para parar a resposta ao estresse em seu início e “mudar o canal” do seu humor.
Brinque com seu cachorro
Animais de estimação são uma ferramenta comprovada que afasta o estresse.
Faça um chocolate quente
Pesquisas, incluindo um estudo publicado no jornal Appetite, mostram que até mesmo um pouco de chocolate pode impulsionar o seu humor quase imediatamente.
Vá para fora
“O ar fresco é cheio de íons negativos [que, apesar do nome, nos fazem sentir bem], o que pode aumentar o fluxo de oxigênio para o cérebro”, diz Kathleen Hall, fundadora do Instituto Estresse em Atlanta (EUA). “Se puder, combine-o com o exercício, como uma caminhada rápida, pois atividade estimula endorfinas e dá energia”, conclui.[CNN]
Fonte: https://hypescience.com/25-dicas-ser-saudavel/ - Por Natasha Romanzoti

Significado de Cidadão...

O que significa Cidadão:

Cidadão é um indivíduo que convive em sociedade - grupo de indivíduos entre os quais existem relações recíprocas.
Cidadão é o habitante da cidade, e tem o direito de gozar de seus direitos civis e políticos do Estado em que nasceu, ou no desempenho de seus deveres para com este.
O cidadão ao ter consciência e exercer seus direitos e deveres para com a pátria está praticando a cidadania.
É obrigação da estrutura familiar e escolar educar o cidadão para que a Constituição seja respeitada.
Saiba mais sobre o significado de cidadania.

Cidadão benemérito

Cidadão benemérito é aquele digno de honras, que merece recompensas e aplausos por serviços importantes ou por procedimentos notáveis prestados à sociedade.

Cidadão honorário

Cidadão honorário é um título entregue a uma pessoa importante, por prestar favores que ajudem no desenvolvimento social local.
A pessoa homenageada passa a ser conterrânea da terra natal, mesmo que não tenha nascido ou não resida no local que lhe agraciou com a honraria.
O título de cidadão honorário é concedido pela Câmara Municipal de uma cidade, pela Assembleia Legislativa de um Estado, pela Câmara dos Deputados ou pelo Senado Federal.

Cartão cidadão

O Cartão do Cidadão no Brasil é emitido pela Caixa Econômica Federal e serve para facilitar a gestão do sistema de benefícios sociais oferecidos pelo governo para os cidadãos brasileiros.

Cidadão Kane

O filme Cidadão Kane (Citizen Kane, no título original em inglês) foi dirigido pelo icônico Orson Welles e lançado mundialmente em 1941.
Este filme é considerado um marco na história do cinema, devido as inovações cinematográficas e técnicas narrativas apresentadas na época. 

https://www.significados.com.br/cidadao/

O que é Cidadania? Qual a importância da cidadania?

O que é Cidadania:

Cidadania é o exercício dos direitos e deveres civis, políticos e sociais estabelecidos na Constituição de um país, por parte dos seus respectivos cidadãos (indivíduos que compõem determinada nação).
A cidadania também pode ser definida como a condição do cidadão, indivíduo que vive de acordo com um conjunto de estatutos pertencentes a uma comunidade politicamente e socialmente articulada. 
Uma boa cidadania implica que os direitos e deveres estão interligados, e o respeito e cumprimento de ambos contribuem para uma sociedade mais equilibrada e justa.

Qual a importância da cidadania?

Teoricamente, a aplicação do conceito de cidadania é imprescindível para que haja uma melhor organização social. Exercer a cidadania é ter consciência de seus direitos e obrigações, garantindo que estes sejam colocados em prática.
Exercer a cidadania é estar em pleno gozo das disposições constitucionais. Preparar o cidadão para o exercício da cidadania é um dos objetivos da educação de um país.

Direitos e deveres

A cidadania é constituída pela junção de uma série de direitos e deveres, que variam de acordo com cada nação ou grupo social. No entanto, a partir da Declaração Universal dos Direitos Humanos, alguns tópicos passaram a ser considerados universais para quase todos os seres humanos.
Entre alguns dos principais deveres e direitos dos cidadãos está:

Deveres do cidadão

  • Votar para escolher os governantes;
  • Cumprir as leis;
  • Educar e proteger seus semelhantes;
  • Proteger a natureza;
  • Proteger o patrimônio público e social do País.

Direitos do cidadão

  • Direito à saúde, educação, moradia, trabalho, previdência social, lazer, entre outros;
  • O cidadão é livre para escrever e dizer o que pensa, mas precisa assinar o que disse e escreveu;
  • Todos são respeitados na sua fé, no seu pensamento e na sua ação na sociedade;
  • O cidadão é livre para praticar qualquer trabalho, ofício ou profissão, mas a lei pode pedir estudo e diploma para isso;
  • Só o autor de uma obra tem o direito de usá-la, publicá-la e tirar cópia, e esse direito passa para os seus herdeiros;
  • Os bens de uma pessoa, quando ela morrer, passam para seus herdeiros;
  • Em tempo de paz, qualquer pessoa pode ir de uma cidade para outra, ficar ou sair do país, obedecendo a lei feita para isso.
Leia mais sobre o que é ser um Cidadão.

Exemplos de cidadania

Praticar a cidadania é usufruir dos direitos e deveres que, teoricamente, todos os cidadãos têm. Por exemplo, no Brasil é obrigatório o voto, mas em outros países esse ato é opcional. Porém, trata-se de um exemplo de cidadania exercer esse direito de escolher os representantes políticos através do processo de eleição.
Outro exemplo de cidadania é o zelo que cada pessoa deve ter com os espaços de bem-comum, como praças, ruas e demais locais de acesso público. 
Ver também o significado de Ética e Cidadania.

Origem da cidadania

A concepção de cidadania teria surgido durante a Grécia Antiga, mas de um modo menos igualitário como é praticada hoje em dia. 
Naquela época eram considerados cidadãos apenas os homens livres que nasciam e viviam nas cidades. Estrangeiros e mulheres, por exemplo, não tinham os direitos e deveres que o regime político "democrático" concedia. 
Aliás, etimologicamente a palavra cidadania se originou do latim civitas, que significa literalmente "cidade", pois estava diretamente relacionada com as pessoas dos centros urbanos. Atualmente, no entanto, o conceito de cidadão extrapola os limites das metrópoles. 
A partir do século XVIII, com influência dos ideais iluministas e do liberalismo econômico e político, o modo como a cidadania passa a ser interpretada começa a se assemelhar ao modelo contemporâneo.

Dupla cidadania

Cidadania também é interpretado como a condição de uma pessoa como membro de um Estado-Nação. Em outras palavras, seria a definição do local onde o cidadão exerce os seus direitos e deveres. 
Para ter cidadania brasileira, a pessoa deve ter nascido em território brasileiro ou solicitar a sua naturalização, em caso de estrangeiros. No entanto, os cidadãos de outros países que desejam adquirir a cidadania brasileira devem obedecer todas as etapas requeridas para este processo.
Assim, a cidadania brasileira, por exemplo, está relacionada com o indivíduo que está ligado aos direitos e deveres que estão definidos na Constituição do Brasil. Porém, alguém que nasce no Brasil pode adquirir cidadanias de outros países (dupla cidadania), desde que siga um conjunto de condições impostas pelas respectivas nações. 
Veja também o significado de Nacionalidade.

Cidadania no Brasil

A Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, pela Assembleia Nacional Constituinte, composta por 559 congressistas (deputados e senadores), consolidou a democracia, após longos anos da ditadura militar no Brasil.
Ou seja, a plena democracia é relativamente recente no Brasil, assim como a cidadania, em comparação aos outros países.

O que é o Dia da Consciência Negra:

O Dia da Consciência Negra é uma data celebrada no Brasil no dia 20 de Novembro. Este dia está incluído na semana da Consciência Negra e tem como objetivo um reflexão sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira.
O dia 20 de Novembro foi escolhido como uma homenagem a Zumbi dos Palmares, data na qual morreu, lutando pela liberdade do seu povo no Brasil, em 1695. Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, foi um personagem que dedicou a sua vida lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial, onde os escravos começaram a ser introduzidos por volta de 1594. Um quilombo é uma região que tinha como função lutar contra as doutrinas escravistas e também de conservar elementos da cultura africana no Brasil.
Em 2003, no dia 9 de Janeiro, a lei 10.639 incluiu o Dia Nacional da Consciência Negra no calendário escolar. A mesma lei torna obrigatória o ensino sobre diversas áreas da História e cultura Afro-Brasileira. São abordados temas como a luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira, o negro na sociedade nacional, inserção do negro no mercado de trabalho, discriminação, identificação de etnias etc.
Aprenda mais sobre os significados de discriminaçãoracismoxenofobia e etnia.
Em inglês, a tradução literal de Dia da Consciência Negra seria "Black Awareness Day". No entanto, nos Estados Unidos e Canadá existe o "Black History Month" (Mês da História Negra), que é celebrado todos os anos em Fevereiro.

Feriado no Dia da Consciência Negra

Em 2011, a presidente Dilma Roussef sancionou a lei 12.519/2011, que criou a data, mas que não obriga que ela seja feriado. Isso significa que ser feriado ou não vai variar de cidade para cidade. O Dia da Consciência Negra é um feriado em mais de 800 cidades brasileiras.

https://www.significados.com.br/dia-da-consciencia-negra/

Dia da Consciência Negra: Zumbi, feriado e reflexão nas escolas

Dia da Consciência Negra: Zumbi, feriado e reflexão nas escolas

A data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional, mas não é feriado em todo o território brasileiro

POR:
NOVA ESCOLA
Integrantes de movimentos sociais e de defesa dos direitos da comunidade negra reuniram-se na cidade de São Paulo para a 13ª Marcha da Consciência Negra   Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
O Dia da Consciência Negra no Brasil é comemorado em 20 de novembro. A data, ainda que tenha sido incluída no calendário escolar e traga oportunidades para disparar conversas importantes sobre a história dos negros no país, não é feriado em todo o território brasileiro. Dos 5.570 municípios, pouco mais de mil decretam a data como feriado.
A Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. No calendário escolar nacional, a data foi incluída em 2003. A origem do Dia da Consciência Negra está ligada aos esforços dos movimentos sociais para evidenciar as desigualdades históricas que marcaram as populações negra e parda no país.

O dia 20 de novembro marca a data da morte de Zumbi dos Palmares (1655-1695), um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e que morreu defendendo sua comunidade. O local simbolizou a luta dos negros por seus direitos, contra a escravidão.
No Dia da Consciência Negra, os professores podem aproveitar para promover junto a seus alunos uma reflexão sobre o papel da cultura e do povo africano na construção da cultura brasileira. E falar sobre sua influência na cultura, política, religião e gastronomia, entre outras tantas áreas.


Quem foi Zumbi dos Palmares

Os quilombos eram agrupamentos populacionais formados por escravos foragidos de fazendas coloniais. Nos quilombos, muitas vezes escondidos em meio à mata, os ex-escravos organizavam suas vidas para garantir sua subsistência e tinham liberdade para reproduzir livremente a cultura de seus ancestrais africanos – ao contrário de seguir os preceitos da Igreja Católica.
Em 1600, escravos que haviam fugido dos engenhos de açúcar de Pernambuco fundaram, na Serra da Barriga, no Alagoas, o Quilombo dos Palmares. O local chegou a congregar 30 mil pessoas.
Em 1644, os holandeses falharam em sua tentativa de invadir o quilombo. Dez anos depois, os holandeses foram expulsos da região pelos portugueses.
Zumbi foi o último líder da República dos Palmares. Ele nasceu em 1655 no quilombo, mas ainda criança foi aprisionado por colonos portugueses e dado ao padre Antonio Melo, que o batizou como Francisco. Ele conseguiu retornar anos depois para os Palmares, no período em que o governo da Capitania de Pernambuco negociava com as lideranças quilombolas que se submetessem à Coroa Portuguesa.

O quilombo dos Palmares era então comandado por Ganga Zumba. Zumbi se opôs à decisão de ceder aos portugueses. Com a morte de Ganga Zumba, ele assumiu o comando dos negros foragidos em 1680 e esteve à frente da comunidade até 1694. Nesse período, o quilombo foi atacado várias vezes por grupos de bandeirantes, até ser destruído. Zumbi foi caçado, morto e sua cabeça cortada e exibida em praça pública. A escravidão no Brasil só teria fim em 1888, com a Lei Áurea, cerca de 193 anos após sua morte.
Nos anos 1970, organizações começaram a utilizar a data de 20 de novembro para refletir sobre o legado da escravidão no Brasil. Essa reflexão levantou debates sobre a valorização da cultura negra e sua contribuição para a história brasileira, além de servir como modelo de resistência e luta pelos direitos dos negros.

https://novaescola.org.br/conteudo/13223/dia-da-consciencia-negra-zumbi-feriado-e-reflexao-nas-escolas

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra

Próximo 20 de Novembro de 2018 (Terça-feira)
O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o país. A data homenageia Zumbi, um africano que nasceu livre, mas foi escravizado aos seis anos de idade.
Mais tarde ele voltaria para sua terra natal e seria líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695.
O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil. Também serve para analisarmos o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural brasileira.
A música, a política, a religião e a gastronomia entre várias outras áreas foram profundamente influenciadas pela cultura negra. Este é um dia de comemorar e valorizar a cultura afro-brasileira.

Feriado do Dia Nacional da Consciência Negra

Confira os estados e cidades que consideram o Dia Nacional da Consciência Negra como feriado:
  • Alagoas - Todos os municípios, Lei Estadual Nº 5.724/95
  • Amazonas - Todos os municípios, Lei nº 84/2010
  • Amapá - Todos os municípios, Lei Estadual Nº 1169/2007
  • Bahia - 3 municípios
  • Espírito Santo - 2 municípios
  • Goiás - 4 municípios
  • Maranhão - 1 município (Pedreiras)
  • Minas Gerais - 11 municípios
  • Mato Grosso do Sul - 1 município (Corumbá)
  • Mato Grosso - Todos os municípios, Lei Estadual Nº 7879/2002
  • Paraná - 3 municípios
  • Rio de Janeiro - Todos os municípios, Lei Estadual Nº 4007/2002
  • Rio Grande do Sul - Todos os municípios - facultativo, Lei Estadual nº 8.352
  • São Paulo - 102 municípios
  • Tocantins - 1 município (Porto Nacional).

Origem do Dia Nacional da Consciência Negra

Zumbi
O Dia da Consciência Negra foi estabelecido pelo projeto Lei nº 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, apenas em 2011 a presidente Dilma Roussef sancionou a Lei 12.519/2011 que cria a data, sem obrigatoriedade de feriado.
No entanto, atualmente, o Dia Nacional da Consciência Negra é considerado feriado em mais de mil municípios

História de Zumbi

No período do Brasil colonial, Zumbi simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os africanos. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo.
O Quilombo dos Palmares, localizado no atual estado de Alagoas, liderado por Zumbi, formavam a resistência ao sistema escravocrata que vigorava. Ali os negros escravizados recuperavam sua liberdade, preservavam a cultura africana na colônia e viviam do plantio e do comércio realizado com cidades próximas.
O assassinato de Zumbi o transformou num mito entre os africanos escravizados e sua história foi passando de geração em geração.
Zumbi lutou até a morte contra a escravidão, que só terminaria em 13 de maio de 1888, com a abolição oficial da escravatura no Brasil, cerca de 193 anos após sua morte.

https://www.calendarr.com/brasil/dia-nacional-da-consciencia-negra/