1

1

sábado, 12 de maio de 2018

Mãe...

Mãe...
Teus braços sempre se abrem quando preciso um abraço. Teu coração sabe compreender quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.
Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário