1

1

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Saúde e os seus porquês ...

Saúde e os seus porquês


Por que a estrutura dos fios de cabelo muda na adolescência?

A modificação no aspecto dos fios pode ocorrer devido a três fatores principais. O primeiro deles é gerado por uma tendência genética. O segundo é devido a alterações hormonais. Nessa fase da vida ocorrem mudanças importantes nos níveis de diversos hormônios que controlam o equilíbrio do corpo, e eles podem interferir na aparência dos fios. Já no terceiro caso, os fatores externos como os tratamentos químicos — tinturas, alisamentos etc. —, podem influenciar a estrutura dos cabelos das jovens.
Quem responde: Francisco Le Voci, dermatologista especialista em cabelos da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Por que a voz das mulheres é mais fina que a dos homens?

Até a puberdade a voz dos meninos e das meninas é bastante parecida. Na adolescência, por causa do aumento dos hormônios estrogênio (mulheres) e testosterona (homens) há um crescimento da laringe, que fica maior nas pessoas do sexo masculino. Esse fator, também associado ao tamanho do trato vocal, e a velocidade em que as pregas vibram por segundo é o que determina se a voz será mais aguda ou grave. Nos meninos, o timbre da voz desce uma oitava, e nas meninas, de dois a três semitons. Ou seja, a laringe humana é como um sino: quanto maior, mais grave — e seu tamanho é ditado sempre por características genéticas.
Quem responde: Keila A. B. Knobel e Ana Carolina Constantini, fonoaudiólogas da UNICAMP.

Por que um seio geralmente é maior que o outro?

A assimetria nessa região é bastante comum, estima-se que 40% das mulheres tenham essa característica. Ela acontece quando um dos botões mamários começa a se desenvolver antes do amadurecimento hormonal, fazendo com que a alteração fique visível quando ambos começam a crescer proporcionalmente (após a menarca). É importante ressaltar que a assimetria não é uma doença e não pode ser tratada com medicamentos. Nos casos em que há muita diferença a única alternativa é a cirurgia plástica. Quando a mulher tem assimetria e está amamentando, recomenda-se que ela use mais o seio menor – para que ele se desenvolva – caso contrário poderá aumentar essa diferença.
Quem responde: Denise Coimbra, ginecologista e membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo.

Por que preciso fazer jejum antes de uma cirurgia?

O jejum se dá quando o paciente não come nem bebe num determinado período antes da cirurgia. A principal razão dessa exigência é evitar que o ácido clorídrico do estômago volte pelo esôfago e adentre o pulmão, já que ele estará anestesiado e não conseguirá expeli-lo. Quando isso acontece é necessário terapia intensiva, já que aumenta a probabilidade de sequelas e morbidade — além do próprio risco à vida. No caso de uma cirurgia de emergência, onde a pessoa não está em jejum, a técnica do anestesiologista para proteger as vias aéreas do paciente é diferente. Uma das alternativas é a entubação traqueal com o paciente ainda acordado.
Quem responde: Adimilson Gonzaga, médico anestesiologista do Hospital Samaritano (SP).

Fonte: Revista Viva Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário