1

1

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Casa e Habitação

Casa e Habitação

Casa e Habitação
Chamamos de casa ou moradia o local construído pelo ser humano com a função de proteger, dar conforto e segurança ao indivíduo e à família.
As pessoas geralmente vão organizando seus espaços
de moradia da forma que gostam ou da forma que julguem mais prática para viver. Isso faz com que casa fique bem parecida com quem a habita, tornando-se um local aconchegante e gostoso para viver.
Evolução das moradias
Se voltarmos no tempo vamos observar que existiam
estilos de casa dependendo de cada época e das necessidades das pessoas daquele contexto histórico, formando também uma representação cultural de cada época.
Desde a pré-história o homem aprendeu a usar recursos
da natureza para construir sua habitação. Na pré-história as pessoas não tinham trabalho nenhum para construir suas casas porque viviam nas cavernas que ofereciam muita segurança contra os animais ferozes, a chuva e o vento. Como tinham que disputar esse espaço com os animais colocavam pedras enormes ou faziam fogueiras na entrada para evitar que esses animais se aproximassem. Nessa época os homens tinham que se deslocar constantemente em busca de comida, mudando sempre “de caverna em caverna”, por isso eram chamados de nômades.
Aos poucos os homens perceberam que o ideal era ficar mais próximos uns dos outros, pois assim tinham mais ajuda nos momentos de perigo, dessa forma surgiram as primeiras aldeias. Nessas aldeias as casas eram construídas com troncos de árvores, galhos e folhas, portanto eram bem frágeis, mas aos poucos as comunidades foram aprendendo a usar melhor esses recursos naturais e construir casas mais resistentes, com blocos feitos de barro, muito parecidos com os tijolos de atualmente, junto com galhos de árvores para resistir mais às chuvas.
Deste conceito de construção surgiram as casas de pau-a-pique, encontradas ainda em muitas regiões do Brasil, América do Sul e África.
Daí para frente houve uma evolução rápida na forma de se construir casas, principalmente quando inventaram tijolos mais resistentes, feitos em fornos com altas temperaturas, passando também a combinar mais de um tipo de material, como por exemplo, madeira, tijolo e pedra.
Diferentes tipos de moradia
Existem vários tipos de moradias, cada uma para estilos de vida bem específicos: as  casas , que podem ser térreas ou ter um ou mais andares e podem também variar no número de cômodos, são preferidas para famílias grandes, ou indivíduos que precisam de espaço para exercer atividades específicas. Com o crescimento das cidades e a necessidade de aproveitar espaços urbanos, surgiram os  edifícios, que construções verticais, com vários andares e apartamentos. As pessoas que moram em regiões ribeirinhas e que sempre tem que ficar atentas às cheias dos rios constroem casas suspensas chamadas de palafitas, ou seja, a casa é construída sobre estacas, ficando assim acima do nível do rio, mesmo quando há aumento do volume de água. Os índios brasileiros vivem nas  ocas que são construções de madeira, coberta com fibras de vegetais. As ocas são geralmente construções circulares, bem relacionadas à vida livre e em comunidades características dos índios.
Outra forma de se criar estilos de moradia é para adaptação ao clima de determinadas regiões. As casas tradicionais japonesas, por exemplo, são comumente construídas em madeira, com espaço interno amplo para permitir melhor ventilação e penetração da luz, necessários para conviver com o clima japonês. Nas regiões mais frias, como por exemplo, nos polos, era comum um tipo de moradia, feita com blocos de gelo, chamadas de  iglus. Atualmente os iglus construídos nessas regiões não servem mais para morar, mas sim ajudam como abrigo para os caçadores ficarem protegidos do frio e vento as temporadas de caça.
Imagine que os povos nômades da Mongólia constroem suas casas com feltro grosso! É verdade! Essas casas são chamadas de  iurtas  e são construídas dessa forma para ficar mais fácil para montar e desmontar, uma vez que estão constantemente “de mudança”.
Os países mais frios, as paredes e janelas são grossas e reforçadas, para não haver tanta perda de calor para o ambiente externo, mas em países com clima quente como o nosso já tem que ser o contrário para haver mais facilidade de refrigeração e ventilação.
Casa ecologicamente correta
Com a necessidade de cuidarmos cada vez mais do meio ambiente, engenheiros e arquitetos já traçaram como deve ser construída uma casa que não agrida o meio ambiente e atualmente já existem várias construções desse tipo. Observe quais os itens fundamentais para uma casa ecologicamente correta:
  • Eficiência energética
  • Uso adequado da água e reaproveitamento
  • Uso de técnicas passivas das condições e dos recursos naturais;
  • Uso de materiais e técnicas ambientalmente corretas;
  • Gestão dos resíduos sólidos: reciclar, reutilizar e reduzir;
  • Conforto e qualidade interna dos ambientes;
  • Permeabilidade do solo;
  • Para saber mais sobre uma casa ecologicamente correta criamos um esquema explicativo para visualizar clique aqui
Curiosidades

Nos Alpes e em outras regiões montanhosas onde há neve na maior parte do ano os telhados das  casas são inclinados para evitar acúmulo de neve.

http://www.smartkids.com.br/trabalho/casa-e-habitacao

A Rua

A Rua
Use a faixa de segurança
PUBLICIDADE
Ao passearmos pelas ruas podemos perceber o movimento das pessoas, dos carros, do comércio, etc. São estudantes indo para a escola, adultos se descolando para o trabalho, garis limpando as ruas, pessoas transitando por todos os lados.
Além dos edifícios comerciais, existem também praças, avenidas, casas, condomínios residenciais, parques de diversão, quadras poliesportivas, e muito mais.
Cada uma dessas coisas possui um endereço próprio, assim como nós temos o endereço de nossas casas. Quando você quer ir à casa de um coleguinha, precisa anotar o endereço dele, ou seja, o lugar onde mora, onde fica sua casa. Não é assim?
Os endereços são formados pelo nome da rua, avenida ou alameda; o número do lote; o número da casa ou do prédio; número do apartamento; o setor ou bairro e o CEP (Código de Endereçamento Postal).

Rua residencial
A rua é um espaço público, ou seja, é de todos, mas administrada pelo governo. Por isso, todos têm o direito de ir e vir, se movimentar quando quiser. É o motivo pelo qual possuem as calçadas, nos dois lados de uma rua, para que os pedestres possam transitar.
As ruas podem ser separadas conforme a estrutura de um bairro. Algumas possuem somente casas, quando em bairros residenciais; outras são somente de lojas, quando localizadas em bairros comerciais.

Avenida 23 de Maio e Avenida Paulista (SP)
Uma avenida é uma rua de maior importância para a cidade, pois é mais movimentada e tem acesso aos lugares mais admiráveis. Normalmente são largas e compridas.
Algumas avenidas constituem um centro financeiro para a cidade, pois nela vão se juntando grandes empresas e bancos, tornando-as ainda mais movimentadas. A Avenida Paulista, em São Paulo, é um exemplo de centro financeiro. Pesquise se em sua cidade existe uma avenida assim.

Alameda do Palácio (BH)
Existem também as alamedas, que são ruas ou avenidas com árvores nas calçadas. Nas alamedas, normalmente, existem praças públicas, muito arborizadas, com bancos de madeira ou de pedra, para que as pessoas possam descansar. Algumas alamedas servem como pontos de feiras artesanais, o que mantém sua movimentação aos finais de semana.
Por Jussara de Barros
Pedagoga
Equipe Escola Kids



http://escolakids.uol.com.br/a-rua.htm

A Indústria

A Indústria
Foto de uma indústria
PUBLICIDADE
A indústria é o local (fábrica) onde ocorre a transformação de matérias-primas em produtos elaborados pelo homem para fins comerciais. Nesses estabelecimentos, os funcionários e as máquinas são responsáveis pela produção de diversos objetos, alimentos, roupas, calçados, remédios, carros, etc.

A atividade industrial é muito importante, pois através dela vários objetos de grande utilidade para o homem são produzidos. Outro ponto positivo é que ela proporciona emprego para várias pessoas.

No entanto, a expansão industrial tem provocado vários problemas ambientais. Os gases emitidos pelas fábricas têm poluído a atmosfera e boa parte dos efluentes (esgoto) é lançada nos rios sem o devido tratamento.

Existem indústrias em diversos pontos do planeta, produzindo os mais variados produtos.

As indústrias são classificadas de acordo com seu foco de produção. Sendo assim, temos as indústrias de bens de produção e as indústrias de bens de consumo.

Siderúrgica
Responsáveis pela transformação de matérias-primas brutas em matérias-primas processadas, as indústrias de bens de produção são consideradas a base do segmento industrial.

Essas indústrias extraem matéria-prima da natureza (madeira, óleos, plantas, petróleo, etc.), além de transformar e fornecer bens para a estruturação de outras indústrias. São exemplos de indústrias de bens de produção a metalúrgica, siderúrgica e a petroquímica.

Indústria automobilística
As indústrias de bens de consumo são aquelas que têm sua produção direcionada para os consumidores. Esse segmento visa fornecer objetos diretamente para o mercado consumidor. Elas podem ser divididas em:

Indústrias de bens duráveis: fabricam produtos não perecíveis, tais como carros, eletrodomésticos, mobílias, entre outros.

Indústrias de bens não duráveis: produzem mercadorias de primeira necessidade, como, por exemplo, alimentos, bebidas, roupas, sapatos, remédios, etc. 
Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Escola Kids

http://escolakids.uol.com.br/a-industria.htm

A diferença entre Tempo e Clima

A diferença entre Tempo e Clima
O tempo e o clima são diferentes tipos de aspectos atmosféricos
PUBLICIDADE
Muitas pessoas têm muita dificuldade para diferenciar tempo e clima. Algumas delas acreditam que essas expressões representam a mesma coisa, mas sabemos que isso não é verdade. Observe as frases abaixo:
Frase 1: Hoje choveu muito.
Frase 2: Faz muito frio nessa região durante essa época do ano.
Frase 3: Puxa! Quanta neve por aqui!
Frase 4: Essa região parece um deserto, quase nunca chove!
Essas afirmações são de situações referentes ao clima (climáticas) e ao tempo (meteorológicas). Mas você sabe dizer qual delas refere-se a cada tipo?
As frases 1 e 3 referem-se ao tempo e as frases 2 e 4 referem-se ao clima. Isso porque o tempo é o estado momentâneo da atmosfera, enquanto o clima é o conjunto fixo de variações do tempo em um longo período.
Não esqueça: o tempo refere-se a algo passageiro, a um estado momentâneo; já o clima está relacionado a algo mais ou menos permanente ou que dura mais tempo.
Quando eu digo que hoje está chovendo, estou me referindo ao tempo. Quando afirmo que todos os anos, entre os meses de agosto e janeiro, costuma chover em um dado lugar, estou me referindo ao clima.
Portanto, quando falamos de tempo, referimo-nos a algo que muda de um dia para o outro, ou até de uma hora para outra. Por outro lado, quando falamos de clima, referimo-nos a algo mais rotineiro, que costuma se repetir ao longo dos anos.
As previsões meteorológicas são responsáveis por nos dizer como será o tempo amanhã, se vai chover ou não, se será frio ou não.
Já as previsões climáticas procuram nos dizer como será o clima daqui a alguns anos, se o planeta será mais quente ou mais frio, se as chuvas serão mais frequentes ou menos intensas etc.

Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

http://escolakids.uol.com.br/a-diferenca-entre-tempo-e-clima.htm

A Casa -- MORADIAS

A Casa

A Casa
Casa adaptada debaixo de ponte
PUBLICIDADE
Chamamos de casa o local onde as pessoas moram, sozinhas, com seus familiares ou outras pessoas. Ela também pode ser chamada de lar.
É muito importante ter uma casa para morar e todos nós precisamos, pois é o lugar onde descansamos, comemos, guardamos nossas coisas, nos protegemos do sol e da chuva.
Muitas pessoas não conseguem comprar uma casa, outras conseguem comprar várias, mas isso depende da condição financeira de cada um.
Quem tem mais de uma casa, pode morar em uma e alugar as outras, conseguindo ganhar mais dinheiro. Quem não tem casa, pode alugar, pagando ao dono do imóvel um valor em dinheiro, todo mês.
Mesmo assim, existem pessoas que não conseguem nem alugar uma casa, pois estão desempregadas, ou não possuem condições para pagar o aluguel. Algumas são as pessoas que vemos morando nas ruas, debaixo das marquises das lojas ou das pontes. Isso é muito triste, pois não é condição digna de se viver.
Existem vários tipos de casa: de palafitas, barracos, de pau a pique, de alvenaria, sobrados e edifícios.
As casas de palafita são feitas em madeira e ficam suspensas por estacas, por onde passam águas de rios.

Palafitas – locais alagados 
Os barracos são, normalmente, aquelas casas feitas em bairros mais distantes ou nas favelas. São muito simples, geralmente construídos com restos de madeira, isopor, latão e papelão.
 
Barracos – aproveitamento de sobras de tábuas
As casas de pau a pique são muito simples, construídas nas estradas, nas proximidades das cidades de interior, e em sítios ou chácaras. Suas paredes são levantadas com barro e varas retiradas de árvores. Os telhados são feitos de palha ou com as próprias varas e o barro, mas alguns são feitos com telha comum.
 
Pau a pique – podem ter ou não telhado
Alvenaria é o nome dado às casas feitas de tijolos, cimento e areia. Essas casas podem ser térreas ou em forma de sobrado, com mais de um andar, mas tudo depende do gosto e das condições financeiras que a pessoa tem.
 
Alvenaria – utilização de cimento e tijolos
Hoje em dia existem os condomínios de casas, onde em uma determinada área são vendidos os lotes para as pessoas fazerem suas casas. Muito são luxuosos e com uma estrutura bem desenvolvida, com lagos, parques, praças, quadras, piscinas, pista de bicicleta, pista para correr, churrasqueiras, etc.
 
Condomínios – casas luxuosas
Os edifícios são construídos com armações de ferro, para ter sustentação e aguentar o peso do seu tamanho ou altura. Também são usados em suas construções cimento, tijolos, areia e placas de concreto. Várias famílias moram em um mesmo edifício, mas cada uma em um apartamento.
Por Jussara de Barros
Pedagoga
Equipe Escola Kids
http://escolakids.uol.com.br/a-casa.htm

Atividades multiplicação

Hoje trago algumas atividades didáticas com o conteúdo: multiplicação. Confira:

























 
https://pedagogiaaopedaletra.com/atividadesmultiplicacao/

Plano de Aula: Tipos de Moradia

CONTEÚDO

Tipos de moradia

OBJETIVOS

  • Identificar os diferentes tipos de moradias
  • Registrar sua própria moradia
 DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO
1º – Roda de conversa sobre o tema que será estudado, comentar qual a função de uma moradia, os profissionais responsáveis pela construção de casas, as divisões de uma  moradia (cômodos), e etc.
Pedir aos alunos que citem exemplos de moradias que conhecem, quais são suas diferenças,  em qual moram (casas/ apartamentos/ sobrados), dentre outras coisas.

2º – Realizar a leitura do livro “Cada um mora onde pode” de Ziraldo, e logo após pedir que desenhem suas casas em uma folha de papel sulfite (preparar um local para exposição) ou em seus cadernos.

3º – Levar para a sala de aula jornais, revistas e propagandas. Solicitar aos alunos que recortem imagens de diferentes tipos de casas e as colem em uma folha (modelo abaixo), anotando o que observaram na imagem (linhas ao lado). Essa atividade poderá ser feita em duplas ou em grupos.
Após a atividade, conversar sobre as diferenças entre as casas e explicar aos alunos de que materiais que são feitas.

4º – Atividade individual em Folha:



MATERIAL

  • Jornais
  • Revistas
  • Livros
  • Propagandas
  • Cola
  • Tesoura
  • Papel Sulfite
  • Livro de história: “Cada um mora onde pode” de Ziraldo
  • Xerox de atividades

AVALIAÇÃO

A avaliação será feita em todos os momentos da aula. O Professor deve observar a participação dos alunos e a realização das atividades  propostas, com objetivo de auxiliá-los no processo de ensino e de aprendizagem.

https://pedagogiaaopedaletra.com/plano-de-aula-tipos-de-moradia/

Diferentes tipos de moradia ...


Diferentes tipos de moradia

Como os indivíduos organizam seus espaços


O local ao qual cada cidadão chama de casa é a moradia de cada um. O homem, de forma geral, pode morar sozinho ou com seus familiares. Há outros casos em que mesmo não sendo membro da família, as pessoas estão juntas em um mesmo espaço.

O lar de cada pessoa é o local onde geralmente nos sentimos bem, pois é onde guardamos nossa história. Também é nesse espaço que descansamos após um longo dia de trabalho ou estudos. A nossa casa também é um cantinho para realizarmos as refeições, nos protegermos do frio e guardar nossos objetos e pertences.
Nem todos conseguem ter um lar

Infelizmente, nem todo mundo consegue ter esse direito conquistado. São aquelas pessoas que moram nas ruas ou em outros tipos de moradia improvisadas por não conseguirem comprar uma casa própria em função de dificuldades financeiras.

Outras famílias são “abastadas” e possuem mais de uma moradia. Nesse caso, residem em um local e alugam outras moradias. É uma forma de adquirir um lucro extra, pois quem aluga um imóvel acaba sendo o dono provisório daquele local e pagando mensalmente um aluguel.

Para quem não consegue pagar um aluguel, infelizmente a opção que resta é morar em ruas, abrigos ou marquises. Essa é uma dura realidade, enfrentada por muitos, que precisa ser revertida, pois a condição humana, para ser digna, requer a possibilidade de ter um lar.
Tipos de moradia

Nesse artigo, você vai conhecer os diferentes tipos de moradia existentes nos quatro cantos do mundo.

Palafitas e barracos: Gilberto Gil, um dos principais cantores da MPB em nosso país lançou a música “Nos barracos da cidade” para homenagear e chamar a atenção para um grupo de pessoas que infelizmente mora em palafitas e barracos, que não são construídas com a devida segurança para uma família. A palafita é um tipo de construção feito em formato de madeira ou estaca, geralmente por regiões onde há rios. Já o barraco fica mais em evidência nas grandes favelas. Em alguns casos, são produzidos com lataria, papelão em grande escala e até mesmo isopor. Bastante simples, são moradias construídas por pessoas de baixa renda.

Pau a pique: na maioria das vezes são construídas em estradas. Geralmente estão próximas de sítios ou chácaras. É um tipo de moradia basicamente formada por paredes de barro e alguns galhos frondosos de árvores. O telhado é feito a partir da palha, varas ou barro. Em raras exceções, são utilizadas telhas.

Alvenaria: se uma casa é construída com tijolo, cimento e areia ela passa a ser classificada como uma moradia com alvenaria. Pode ser térreo ou com dois andares, em estilo sobrado. Vai depender da preferência e da condição financeira do dono do local.

Condomínios e moradias luxuosas: em bairros mais nobres, especialmente formados por pessoas de classe alta, também são bastante comum o surgimento de moradias coletivas. São os chamados condomínios. Formados a partir de lotes, eles são mais luxuosos, com estrutura diversificada para lazer e distração dos moradores.

Edifícios: também existem condomínios formados por edifícios gigantescos e luxuosos. Esse tipo de moradia é construído com bastante ferro e facilidades como o elevador. Em cada edifício há um número estipulado de apartamentos.
 
EDUCAÇÃO S/A

TIPOS DE MORADIA – AS DIVERSAS MORADIAS

















Fonte: http://misturadealegria.blogspot.com.br (Blog da Adiléa)

Fonte: http://atividadespedagogicas.net/2014/03/tipos-de-moradia-as-diversas-moradias.html #actif9

Atividades com diversos tipos de moradias. Tenda, castelo, casa oriental, palafita, prédio, alvenaria, iglu, oca. Existem vários tipos de casas, dependendo de onde se mora. Confira as atividades abaixo… ____________________________________ diferentes tipos de moradias e suas caracteristicas _____________________________ prova tipos de moradia 3 ano ( avaliação de geografia ) Fonte: http://misturadealegria.blogspot.com.br (Blog da Adiléa)

Fonte: http://atividadespedagogicas.net/2014/03/tipos-de-moradia-as-diversas-moradias.html #actif9
Atividades com diversos tipos de moradias. Tenda, castelo, casa oriental, palafita, prédio, alvenaria, iglu, oca. Existem vários tipos de casas, dependendo de onde se mora. Confira as atividades abaixo… ____________________________________ diferentes tipos de moradias e suas caracteristicas _____________________________ prova tipos de moradia 3 ano ( avaliação de geografia ) Fonte: http://misturadealegria.blogspot.com.br (Blog da Adiléa)

Fonte: http://atividadespedagogicas.net/2014/03/tipos-de-moradia-as-diversas-moradias.html #actif9

 
 


TIPOS DE MORADIA – AS DIVERSAS MORADIAS Atividades com diversos tipos de moradias. Tenda, castelo, casa oriental, palafita, prédio, alvenaria, iglu, oca. Existem vários tipos de casas, dependendo de onde se mora. Confira as atividades abaixo… ____________________________________ diferentes tipos de moradias e suas caracteristicas _____________________________ prova tipos de moradia 3 ano ( avaliação de geografia )

Fonte: http://atividadespedagogicas.net/2014/03/tipos-de-moradia-as-diversas-moradias.html #actif9