1

1

Google+ Followers

domingo, 6 de agosto de 2017

Segurança no Android: aprenda a proteger celular de apps maliciosos... Antivírus da loja do Google faz 50 bilhões de checagens por dia. Tutorial ensina a usar o Google Play Protect e outras seis dicas de proteção.

Por Taysa Coelho, para o TechTudo

Proteger o celular de apps maliciosos é uma preocupação frequente, já que os usuários costumam guardar nos smartphones um número grande de dados e qualquer vulnerabilidade pode expor informações pessoais e profissionais sigilosas. Pensando na proteção de seus usuários, o Google lançou o Google Play Protect, um sistema de segurança que, de acordo com a empresa, verifica os aparelhos Android 24 horas por dia a fim de manter o dispositivo, os dados e apps fora de riscos.

Apesar desse reforço, é sempre importante ficar atento a alguns detalhes que podem fazer a diferença para manter seu celular ou tablet livres de programas inseguros. Por isso, o TechTudo ensina a como aproveitar o novo recurso lançado pela empresa e traz outras dicas para deixar o seu aparelho livre de invasores.



Vídeo mostra como remover vírus em um celular Android

1. Confira os apps escaneados pelo Google Play Protect


Passo 1. Abra as configurações do seu Android. Em seguida, desça a tela até aparecer a opção “Google” e toque nela.




Acesse as configurações para ver as informações do Google Play Protect (Foto: Reprodução/Taysa Coelho)


Passo 2. Na tela seguinte, escolha “Segurança” e depois “Verificar apps”.




Acesse as opções de segurança de sua conta do Google (Foto: Reprodução/Taysa Coelho)


Passo 3. O sistema exibirá os últimos apps instalados que foram verificados e também avisará caso algum deles seja considerado potencialmente perigoso. A opção “Melhorar det. de apps nocivos” fica desmarcada por padrão, mas sugerimos que ela fique ativada, afinal, é uma barreira a mais de proteção.




Ative a opção "Melhorar det. de apps nocivos" do seu Android (Foto: Reprodução/Taysa Coelho)


2. Antes do download, confira se o aplicativo é verificado pelo Google


O Google alega que 50 bilhões de apps são checados diariamente pelo Google Play Protect. Além disso, os desenvolvedores também são avaliados e aqueles considerados suspeitos são suspensos. Aos poucos, todos os programas confiáveis terão o símbolo de verificação abaixo e será possível saber se o download é seguro antes mesmo de baixar.







O Google está verificando aplicativos da Play Store (Foto: Reprodução/ Google)


3. Cheque reviews de outros usuários


A opinião de usuários que já baixaram o app é uma ferramenta fundamental para verificar, entre outros aspectos, a segurança do programa. Depoimentos de travamentos ou funcionamento inesperado em dispositivos específicos são comuns, mas é importante ficar atento a reclamações sobre a presença de vírus e malwares e a relatos sobre comportamentos estranhos.






Fique atento à opinião dos usuários do app na Play Store (Foto: Reprodução/ Taysa Coelho)


4. Veja a data de atualização


Programas confiáveis costumam ser atualizados periodicamente, a fim de corrigir possíveis falhas de segurança e erros. Portanto, ao se deparar com uma aplicação que não é atualizada há anos, é melhor não arriscar o download. Para conferir a data, basta, na página do app na Play Store, clicar na opção “Ler mais” e rolar a tela seguinte até o final.







Veja se o programa é atualizado com frequência na Play Store (Foto: Reprodução/ Taysa Coelho)


5. Fique atento às permissões solicitadas pelo app


Muitas vezes, ao baixar um programa, o usuário não presta muita atenção às permissões solicitadas pelo desenvolvedor e as aceita sem analisar. No entanto, conferir essa informação é importante para evitar cair em ciladas. Caso um aplicativo solicite acesso a dados que não tenham sentido para a sua funcionalidade ou que sejam suspeitas, como um app teclado pedir a sua localização, não permita e desinstale o software.





Preste atenção às permissões solicitadas pelo app na Play Store (Foto: Reprodução/ Taysa Coelho)


6. Evite baixar programas que não estão disponíveis na Google Play Store


Uma pesquisa, realizada em 2016 pela empresa de tecnologia Check Point, concluiu que mais de 1 milhão de dispositivos Android foram afetados por um malware que roubava dados dos usuários. O principal motivo teria sido o grande números de apps não oficiais baixados.


A loja de apps do Google não está imune a programas maliciosos. No entanto, há uma preocupação da empresa em combater más fabricantes, que se aproveitam dos dados dos usuários. Aplicativos fora da loja oficial não passam por qualquer critério de inspeção e, por isso, oferecem muito mais riscos. Melhor evitar, não é mesmo?


7. Use antivírus


Parece óbvio, mas nem todo mundo lembra de instalar um antivírus no celular ou, às vezes, para não ocupar espaço na memória, desinstala o programa para baixar outros aplicativos. Há uma série de opções oferecidas na Play Store e você pode conferir as melhores nesta lista.


Com informações: Check Point
http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/2017/07/como-melhorar-a-seguranca-da-rede-wi-fi-da-sua-casa-ou-empresa.ghtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário