1

1

Google+ Followers

domingo, 11 de junho de 2017

Enfim, Renault revela detalhes do Kwid nas versões Life, Zen e Intense




A grande atração do estande da Renault neste Salão de Buenos Aires é na verdade bem compacta: trata-se do Kwid, subcompacto de verve aventureira que teve a pré-venda iniciada e deverá chegar às concessionárias em agosto deste ano. Pode-se fazer a reserva em uma concessionária ou pela internet no hotsite www.kwid.com.br, sendo necessário fazer o pagamento de R$ 1.000,00, no cartão de crédito, podendo parcelar em até três vezes. Entre as vantagens da pré-venda estão "preço garantido" (sem aumento repentino), primeira revisão gratuita, cinco anos de garantia para quem fizer o financiamento com o banco Renault e entrega prioritária.




O Kwid terá três versões: Life, Zen e Intense, nas opções de cores Orange Ocre, Vermelho Fogo, Branco Marfim, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré. Conheça o conteúdo de cada versão:




Life - R$ 29.990
É o modelo mais simples, com preço atrativo, porém poucos itens de série. Entre eles, estão: rodas de aço de 14 polegadas com calotas, airbags frontais e laterais dianteiros (totalizando 4 bolsas), dois pontos de fixação ISOFIX para cadeirinhas infantis, preparação para rádio e, no quadro de instrumentos (sem conta-giros), indicador de troca de marcha e de condução econômica.




Zen - R$ 34.990
Já traz de série direção elétrica, ar-condicionado, travas das portas e vidros dianteiros elétricos. Conta como opcional com o rádio com Bluetooth e entradas USB e auxiliar, totalizando R$ 35.390.




Intense + Pack Connect - R$ 39.990
Este modelo traz todos os itens disponíveis: retrovisores com ajustes elétricos, faróis de neblina com aros cromados, sistema multimídia Media Nav 2.0 com GPS, câmera de ré, Eco-Coaching e Eco-Scoring (dicas de como poupar combustível), entradas USB e auxiliar, além de abertura elétrica do porta-malas, rodas de liga leve de 14 polegadas escurecidas e chave canivete dobrável.




O Kwid se destaca pela posição de dirigir mais alta que a dos subcompactos (Chery QQ, Volkswagen up! e Fiat Mobi), contando com boa altura em relação ao solo (18 centímetros) e grandes ângulos de entrada (24 graus) e de saída (40°).




Apesar de ter apenas 3,68 metros de comprimento, o Kwid tem formas robustas típicas dos utilitários. Já a distância entre-eixos é de 2,42 m, privilegiando quem senta no banco traseiro. O porta-malas perdeu 10 litros em relação ao modelo indiano para a acomodação do estepe com especificações diferentes para o mercado brasileiro, mas não deixa de ser espaçoso, com 290 litros - 5 L a mais que o up!.




Já o motor é o 1.0 SCe de três cilindros com potência reduzida em relação ao Sandero – 70 cv de potência com etanol e 66 cv com gasolina, com torque de 9,8 kgfm (etanol) e 9,4 kgfm (gasolina). O câmbio é manual em todas as versões, de 5 marchas. Em percurso urbano e rodoviário, a Renault atesta que o Kwid chega a 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol.




Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o Kwid utiliza uma nova plataforma da Aliança Renault-Nissan, tendo 80% do seu conteúdo composto por peças novas, em relação ao modelo indiano. O Kwid terá ainda um plano de manutenção com menos de R$ 1 por dia durante três anos.



Poderá também gostar de:
http://www.autorealidade.com.br/2017/06/enfim-renault-revela-detalhes-do-kwid.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário