1

1

Google+ Followers

terça-feira, 2 de maio de 2017

A mãe da gente

A mãe da gente sempre é muito alta. Conforme a gente cresce, ela vai diminuindo de tamanho.


Ás vezes é magra , outras vezes é gorda de vez em quando faz regime e fica comendo fora de hora o dia inteiro.

É sempre muito bonita, mas fica muito estranha no dia que vai ao cabeleleiro .

Há mães de todas as cores e em todos os lugares do mundo . Podem viver em qualquer clima , tanto nas regiões geladas , quando onde faz calor . É como na cozinha, onde mexem na geladeira e no fogão.

No temperamento , também não é assim , passam de um extremo para outro e mudam muito de opinião :

- Por que você esta tão quieta?

- Porque se agita tanto ?

- Sai da frente da TV e vá fazer outra coisa .

- Não tome sol demais , entra venha ver TV .

- Vá arrumar seu quarto.

- Saia desse quarto e vá tomar um pouco de sol.

Se as mães fosse mais bem programadas, seriam mais previsíveis e menos interessantes. Talvez a gente nem gostasse tanto delas.

Se fica muito tempo longe , a gente sente saudades, ainda que sabia que a certa hora ela vai voltar. Sempre voltam, mesmo que saiam todos os dias para ir trabalhar.

Quando esta em casa ,agente pode sempre dispor dela , apesar de uma vez ou outra ela dar um chega pra lá :

- Não me amola , tenho mais o que fazer .

Nesse caso agente pode dizer :

- Estou muito infeliz, você não me da atenção .

Elas não resistem a uma chantagem emocional .

Abraçam , beijam querem saber o que aconteceu.


Edy Lima


1 . Escreva como é sua mãe : baixa ,alta, magra,gorda,calma, brava etc...




2. Faça um desenho de sua mãe




3. O que você acha da sua mãe ?




4 .Como você gostaria que ela fosse ?

http://cantinhodaleitura2009.blogspot.com.br/2012/05/mae-da-gente.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário