1

1

Google+ Followers

quarta-feira, 15 de março de 2017

SINDROME DE ASPERGER



Parte 1 
A Síndrome de Asperger (SA)é uma Diferenciação neurocomportamental. Sendo de base genética, pode ser definida como Transtorno global do desenvolvimento que se manifesta por alterações sobretudo na interação social na comunicação e... no comportamento. Embora seja uma disfunção com origem num funcionamento cerebral particular, não existe marcador biológico, pelo que o diagnóstico se baseia num conjunto de critérios comportamentais.

Entre as características mais comuns podemos destacar:
1- Déficit de comportamento social;
2- Interesses limitados;
3- Comportamentos rotineiros;
4- Peculiaridade do discurso e da linguagem;
5- Perturbação na comunicação não verbal;
6- Descoordenação motora.

Como consequência destas dificuldades os portadores de SA acabam por se isolar e limitar os seus interesses a determinados temas assuntos, atitude que prejudica ainda mais a sua relação interação social. 

problemas comuns como dificuldade de interação social, dificuldades em processar e expressar emoções (este problema leva a que as outras pessoas se afastem por pensarem que o indivíduo não sente empatia), interpretação muito literal da linguagem, dificuldade com mudanças em sua rotina, dificuldade de interação com pessoas desconhecidas, ou que não veem há muito tempo, comportamentos estereotipados. No entanto, isso pode ser conciliado com desenvolvimento cognitivo normal ou preservado ou em alta. 
O diagnóstico Sa em crianças é feito por um neuropediatra e em adultos neuropsiquiatra, ou psiquiatra, No pode ocorrer um trabalho conjunto e triagem de outros profissionais que se especializam em detectar e encaminhar, como pediatra, psicologo, ou qualquer outro profissional da saúde que acompanhe o suspeite ou avalie sintomas presente, fazer o encaminhamento. 

O tratamento é multidisciplinar, visa melhoria de vida da pessoa com SA e familiares: fonoaudiologia, terapia ocupacional, musicoterapia e um dos tipos de tratamento que auxiliam bastante. 
os métodos mais conhecidos e usados são ABA e teachh na escola é necessário uma adaptação e conscientização quer dos professores, colegas, pais dos colegas, e do material e ambiente... 

No Brasil a uma grande desconhecimento e dificuldade de diagnostico SA nesse especto por ser uma variação mais branda de autismo a sua detecção que muitas vezes ocorre o diagnostico de uma comorbidade ou outra dificuldade presente, mais não se obtenha a principal condição da Asperger em si. Dessa forma a intervenção ocorre de forma errônea. Prejudicando intervenção e melhoria de vida dos asperger e familiares na compreensão da sua síndrome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário