1

1

Google+ Followers

domingo, 5 de março de 2017

A MUDANÇA CLIMÁTICA MUNDIAL

A MUDANÇA CLIMÁTICA MUNDIAL

Espera-se que a mudança climática mundial aumente as disparidades entre países ricos e pobres, especialmente à medida que as temperaturas aumentam. Os prejuízos estimados para os países pobres refletem em parte a sua menor capacidade de adaptação. Daí, a mudança climática ser uma importante questão de desenvolvimento.



A alteração climática pode levar as mudanças em grande escala dos sistemas da Terra, possivelmente irreversíveis, com efeitos aos níveis mundial e continental. Embora não sejam bem conhecidos, a probabilidade e o âmbito desses efeitos serão significativos e por isso devem refletir-se na política.



Os efeitos potenciais incluem:



• Redução da produção das culturas na maioria das regiões tropicais e subtropicais e maior variabilidade da produtividade agrícola, devido às condições extremas de tempo (secas e cheias);

• Maior variabilidade da precipitação durante as monções do verão asiático, o que pode reduzir a produção de alimentos e aumentar a fome;

• Redução da disponibilidade de água em muitas regiões com escassez de água, particularmente regiões subtropicais. Maior disponibilidade de água nalgumas regiões com escassez de água – como em partes da Ásia do Sudeste;

• Maior destruição dos bancos de coral e dos ecossistemas costeiros e mudanças dos padrões climáticos apoiados pelos oceanos;

• Subida do nível dos mares. Com uma subida de 1 metro do nível do mar, em parte devido ao aquecimento global, o Egito podia ver desaparecer 12% do seu território – habitados por 7 milhões de pessoas. A subida dos mares ameaça tornar várias pequenas nações insulares inabitáveis – como as Maldivas e Tuvalu – e alagar vastas áreas de outros países;

• Maior exposição a doenças transmitidas por vetores (malária, febre de dengue) e a doenças devidas à água (cólera).

http://www.recursoshumanos.al.ms.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário