1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Sedentarismo x Saúde

Desde o início dos tempos o homem busca prolongar sua expectativa de vida. Com a ajuda da medicina, este objetivo foi sendo progressivamente atingido, estando a prática de esportes intimamente ligada à essa conquista.

Dr. Ismael é especialista em Medicina Esportiva e atende no Hospital Ribeirão Pires

A atividade física é atualmente reconhecida como um importante fator promotor de saúde em todas as idades. Indivíduos ativos têm menor incidência de muitas doenças crônicas, entre elas hipertensão, obesidade, diabetes, colesterol alto, osteoporose, fibromialgia, ansiedade e depressão.

Consequentemente diminui a ocorrência de asterosclerose e suas consequências, doenças do coração, cérebrovascular e vascular periférica.

A atividade física também tende a manter níveis adequados de aptidão física durante o envelhecimento, reduzindo o risco de queda e permitindo a realização confortável e segura dos esforços da vida diária. As pessoas adequadamente ativas apresentam menores riscos de confinamento no leito desvio às fraturas ósseas ou incapacidade física, apresentando menor taxa de mortalidade por infecções pulmonares e tromboemboelismo. Estudos recentes vêm destacando a importância dos exercícios na prevenção de osteoporose, sendo esse o fator mais importante na sua prevenção. Responsável por metade da eficiência no tratamento desta doença e indispensável para que o tratamento tenha sucesso.

No sedentarismo há aumento da gordura corporal, redução de massa óssea e da massa muscular, dificultando a vida diária e reduzindo o bem-estar psicológico e social. O fato de que os efeitos de sedentarismo são lentamente instalados, explica porque pessoas jovens sedentárias não costumam ter consciência dos seus malefícios; por outro lado, as pessoas idosas sentem os efeitos do sedentarismo nas limitações que encontram para a vida diária, e nas doenças crônicas que vão surgindo.

É fundamental lembrar que antes de iniciar qualquer atividade física é necessária uma avaliação médica e que com raríssimas exceções e atividade física será contraindicada, poderá sim, ser limitada e orientada, dependendo do estado de saúde de cada um.

Dr. Ismael Vivacqua Neto
Medicina Esportiva
CRM 83472
HOSPITAL RIBEIRÃO PIRES

Nenhum comentário:

Postar um comentário