1

1

Google+ Followers

domingo, 29 de janeiro de 2017

Atividade e física e alimentação, as melhores armas contra a obesidade

Por Danilo Meira

Uma das grandes preocupações da humanidade é quanto ao combate à obesidade. Não raro, pessoas tentam métodos “mirabolantes” para entrar em forma. Mas, é sabido, não há nada melhor do que fazer exercícios, que trazem ganhos não só para a qualidade de vida, mas para a saúde da pessoa como um todo.

“É importante tratar as crianças hoje, para não deixá-las serem adultos obesos e com problemas” Helio

Sobre isso, conversamos com o professor Hélio, da academia Start & Walk, que é especializado na área da saúde, mais especificamente em obesidade e emagrecimento. “A obesidade hoje é um caos na área da saúde”, explicou o professor, antes de ressaltar que já há crianças hoje que estão com hipertensão mesmo tendo apenas seis anos de idade. “É importante tratar as crianças hoje, para não deixá-las serem adultos obesos e com problemas”, completou. Além disso, há a carga genética: “pais gordos têm 80% de chance de filhos gordos. Se um dos dois for obeso, esse índice é de 50%”.

Hélio afirma que é preferível fazer a prevenção a ter que tomar medidas mais drásticas no futuro, como a execução de cirurgias bariátricas, que causam muitos problemas pós-cirúrgicos: “conheço pessoas de um grupo no Hospital das Clínicas que estão até mais obesas do que antes da cirurgia”, explicou. Outro problema também está nos medicamentos: “Não adianta tomar remédios para emagrecer sem saber a conseqüência que eles podem trazer. E outra: eles só funcionam enquanto estão sendo tomados. Depois que se para, acaba engordando-se mais do que antes do uso”.

Por isso, é fundamental a alimentação balanceada: “as pessoas comem muito e sem qualidade e, por isso, se tornam obesas e acabam por ter problemas de saúde”. Aliás, diga-se de passagem, comer pouco também não é saudável: “pelo contrário, o corpo é preparado para absorver gordura, mesmo com pouca alimentação”, explica.

Hélio ressalta que hoje a busca por resultados imediatos é prejudicial: “as pessoas não se preocupam com a qualidade de vida e sim com a estética”. Isso posto, é seguro dizer que não há milagres, mas sim a combinação de trabalho, paciência e alimentação adequada: “não se pode esquecer que temos órgãos no corpo que só ficarão saudáveis com atividade física”, ressaltou.

Poder Público – Para Hélio, é importante educar as pessoas, desde a infância a respeito da boa alimentação. “apesar da maioria das escolas terem nutricionistas, falta verificar a questão da quantidade. A criança toma café em casa, 9h tem uma refeição na escola e meio dia almoça. Sempre em grande quantidade. Não há orientação correta”. Ele ressalta a importância da existência de campanhas de incentivo à boa alimentação e contra o sedentarismo. “Hoje, a OMS fala que para deixar essa condição é necessária a prática de atividades físicas ao menos cinco vezes por semana”.

Para isso, como candidato a vereador, pretende lutar por saúde e qualidade de vida para a população: “uma luta minha é oferecer opções esportivas nos bairros com professores orientando para a execução correta dos exercícios. Colocar academias ao ar livre, sem orientação é temerário. O índice de acidentes em pessoas que fazem exercícios sem orientação é grande. Sem contar que é preciso manutenção adequada”, explicou. “Também quero lutar por mais incentivo ao esporte, especialmente o amador”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário