1

1

segunda-feira, 27 de julho de 2015

QUANDO O SEXO SE TORNA UM VÍCIO

O apetite sexual excessivo, um vício difícil de controla,r é uma patologia, conhecida como compulsão sexual, não é mensurada em quantas relações sexuais o indivíduo tem por semana, mas sim se ele apresenta grande dificuldade em se concentrar em outra coisa que não seja a realização de suas fantasias sexuais, afetando sua produtividade no trabalho, nas relações sociais, afetivas e em sua autoestima.


O vício em sexo pode se manifestar de diversas maneiras:

Masturbação compulsiva
Relações com múltiplos parceiros - promiscuidade
Encontros com pessoas desconhecidas
Pornografia
Prostituição
Sexo por telefone
Assédio sexual


E em casos mais graves resulta em

Ruína econômica
Problemas no trabalho
Problemas conjugais
Divórcio
Ansiedade
Depressão.


A principal característica de dependência sexual é a incapacidade de a pessoa controlar o impulso sexual. 


A necessidade de seduzir se torna uma obsessão e, como consequência, surge o comportamento impulsivo sexual para reduzir a ansiedade que provoca pensamentos sobre o sexo. Como um círculo vicioso.Os viciados em sexo são habeis na dissimulação, porque o seu problema os envergonha. Mas, muitas vezes, a sua dependência sempre é reconhecida no final. 


O tratamento do vício em sexo é conhecer e compreender a resposta sexual humana. Para resolver este problema deve-se procurar ajuda médica e psicológica.

Fonte: http://www.meuguiasexual.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário